Qual a ação terapêutica do alho?

vegetaisHá muito tempo que o alho vem sendo utilizado, não só na culinária, como tempero que garante um sabor especial, mas também em tratamentos de diversos males corporais. Sociedades antigas, no Egito, Grécia e Índia, já o empregavam em fórmulas medicinais. Na idade Média, era considerado tão poderoso, que a cultura popular consagrou o seu uso, pendurado em réstias pelas paredes, como uma verdadeira arma para proteger as casas de visitas indesejáveis de vampiros.

Crendices à parte, as pesquisas modernas endossam o que os antigos, em sua sabedoria aplicavam no dia-a-dia: o alho tem efeitos benéficos comprovados. Funciona como antitérmico e expectorante natural, sendo amplamente utilizado em casos de bronquite e asma.
Em cortes ou lesões na pele, funciona como antisséptico; seu poder é superior ao do álcool a 90º.

Embora o sabor do dente de alho puro nem sempre agrade ao paladar, age como desinfetante na boca, estimulando diversas funções, entre elas a secreção salivar e a de suco gástrico. ’’O alho aumenta o apetite, regula a digestão e combate as fermentações pútridas do intestino’’.

Chás feitos com a folha do alho combate a diarréia, colites e parasitoses intestinais.

Efeitos Benéficos

Se a importância do alimento para o bom funcionamento do aparelho digestivo é indiscutível, no campo da medicina cardiovascular, suas propriedades são ainda mais evidentes. ‘‘O alho fresco possui alina, um amino-ácido sulfurado que se transforma em alicina, princípio ativo antisséptico e eficaz no tratamento de doenças coronarianas’’. Sua ação no aparelho circulatório é auxiliar na prevenção de eventuais tromboses em vasos arteriais importantes, que irrigam coração, pulmão e cérebro.

As tromboses são conseqüência de coágulos sanguíneos que se formam e se desprendem podendo criar bloqueios no fluxo. E o alho tem justamente a propriedade de diminuir a agregação plaquetária e a quantidade de fibrinogênio. Igualmente importante é a sua capacidade de baixar a pressão arterial, o nível do mau colesterol e dos triglicerídeos. Por isso, o consumo de um dente de alho, 3 vezes ao dia é recomendado pelos médicos, principalmente para pessoas que estão no grupo de grande risco para o infarto, como diabéticos, hipertensas, obesas, com hipertireoidismo e que costumam exceder-se no tabagismo e bebidas alcoólicas.

O consumo de 3 dentes de alho por dia diminui o LDL, que é a lipoproteína que transporta colesterol para os tecidos. Nos diabéticos, a ingestão regular ajuda a controlar o nível de glicose.

Para a saúde, a melhor forma de consumir o alho é cru mesmo. Frito ou cozido, porém, ainda conserva propriedades medicinais. Para conseguir uma ação preventiva e curativa, é preciso incluí-lo na rotina diária. ‘‘Ao tomar uma sopa, comer uma salada ou pão, aproveite e jogue pedacinhos de alho cru por cima’’. O ideal é ingerir, além de 3 dentes de alho ao dia, uma ou duas cebolas cruas, aí então, o remédio estará completo. Tanto o alho como a cebola são ricos no mineral germânio, antioxidante, capaz de neutralizar a ação dos radicais livres. Mas, nada de exagero no consumo, para não causar irritações gástricas.

Quando há equilíbrio interno no organismo, os reflexos manifestam-se logo no visual. E o uso freqüente do alho, na dosagem recomendada pelos médicos, promove uma reorganização no funcionamento dos órgãos que acaba se refletindo na aparência externa. Uma vez que o alho fortalece as paredes das capilares e artérias, melhorando a circulação sanguínea, este movimento de dentro-para-fora, manifesta-se através de uma pele luminosa, com mais tônus e elasticidade. Toda a área periférica da pele passa a ser melhor irrigada e, portanto, ganha um aspecto mais saudável e bonito.

Dicas Para Aproveitar O Alho

1. É comum, após o consumo de alho, uma halitose característica. Para conseguir comer um belo filé ao alho, por exemplo, sem deixar rastros, uma ótima dica é ingerir suco de limão ou laranja logo a seguir. Mastigar por algum tempo alface, salsa, aipo, erva-doce, grãos de coentro e casca de maçã também solucionam esse incômodo.

2. Uma receita caseira que ajuda a dilatar as vias aéreas superiores e permite respirar melhor: coloque 3 dentes de alho numa xícara de chá fervendo e faça inalação. É ótimo também para aliviar dores de garganta, faringites e amigdalites.

3. Para acabar com a gripe, pegue um dente de alho e corte em quatro pedaços. Deixe tudo em um copo com água, em maceração, à noite, por 12 horas. Pela manhã, em jejum, tome a mistura. Repita por 2 ou 3 dias e terá alivio rápido da doença.

4. Ótimo também para diminuir o colesterol é tomar um chá feito com um dente de alho fervido em um copo de água.