Rhodiola Rosea

rodiolaEncontrada nos continentes Europeu e Asiático e ainda na região ártica, a Rhodiola Rósea é uma planta que vem sido utilizadas há seculos na medicina tradicional da russa e escandinava. Desde 1960, mais de 180 estudos clínicos – farmacológicos e fitoquímicos foram publicados a respeito desta planta e seus benefícios.

A Rhodiola Rósea tem sido estudada como um adaptógeno. Os adaptógenos são produtos naturais que aumentam a habilidade do organismo em enfrentar os fatores que causam stress, normalizando as suas funções ajudando a manutenção do seu ambiente interior conhecido como homeostase.

Benefícios: A Rhodiola Rósea é conhecida por melhorar a forma física, o padrão do sono, a performance mental, a motivação e o humor. Rhodiola Rósea também proporciona ação cárdio protetora, normalizando os batimentos do coração imediatamente após o exercício físico intenso. Ela melhora o sistema nervoso e as funções mentais, como a memória, pelo aumento do fluxo sanguíneo para os músculos e cérebro. Também aumenta a síntese de proteínas.

Doses: Uma dose aproximadamente de 120-200mg diárias do extrato de Rhodiola Rósea padronizado a 3% tem sido sugerida, preferencialmente começando algumas semanas antes do período de stress. Uma quantidade três vezes maior é sugerida quando o uso é iniciado imediatamente antes ou durante uma atividade de stress. A dose requerida para melhoria no efeito cognitivo e na libido não foi sistematicamente estudada, mas está provavelmente na faixa de 100-200mg.

Mecanismo de ação: As propriedades adaptogênicas, os efeitos protetores sobre a área cardiopulmonar e as atividades da Rhodiola Rósea no sistema nervoso central tem sido atribuídas primariamente a sua habilidade de influenciar os níveis de atividade das monoaminas e peptídeos opiáceos como as beta-endorfinas.